Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Internacional

Vice-presidente da Argentina depõe sobre suposto envolvimento com corrupção

Agência Brasil

O vice-presidente da Argentina, Amado Boudou, foi convocado hoje (9) para para depor sobre seu suposto envolvimento num escândalo de corrupção. Ele foi acusado de tráfico de influência por, supostamente, ter usado o cargo publico para beneficiar a gráfica Ciccone, que imprimia as cédulas do peso argentino, moeda oficial do país.

É a primeira vez na história argentina que um vice-presidente em exercício é chamado pela Justiça para prestar depoimento. Mas o escândalo é anterior a sua eleição, em 2011. Antes de ser vice-presidente, Boudou foi ministro da Economia no primeiro mandato da presidenta Cristina Kirchner. Nessa época, segundo as investigações, ele salvou a gráfica da falência e ajudou os novos donos a fechar contrato para imprimir as cédulas do governo.

Boudou nega as acusações e diz que não vai se afastar do cargo, como pedem alguns políticos da oposição. “Estou tranquilo e com muita confiança em relação a tudo que fiz e que vou continuar fazendo pelos argentinos”, disse, em rápida entrevista ao sair de casa para o tribunal.

Na porta do tribunal, uma centena de simpatizantes do governo esperava o vice-presidente ao som de batucada, com bandeiras e cartazes dizendo: ¨Forca Amado¨. Dentro do prédio, um grupo xingou o vice de ladrão.

Os advogados de Boudou pediram ao juiz Ariel Lijo permissão para filmar e transmitir, pela televisão,  o depoimento do vice-presidente, mas o pedido foi negado. Os julgamentos podem ser públicos, mas os depoimentos prestados durante a fase de investigação de um suposto crime são secretos, de acordo com a Justiça argentina.

Lijo aceitou, no entanto, antecipar o depoimento de Boudou, que havia sido marcado para o dia 15 de junho. Nessa data, a presidenta Cristina Kirchner estará a caminho do Brasil. Ela foi convidada para o encerramento da cúpula dos Brics,  grupo de países emergentes, integrado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, em Fortaleza.

Tags: argentinos, cristina, depoimentos, Fraudes, vice

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.