Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Internacional

Mais de mil imigrantes são resgatados no Mediterrâneo

Estrangeiros estavam em barcos superlotados vindos da África

Agência ANSA

Entre a noite de ontem (6) e a manhã deste sábado (7), a Guarda Costeira italiana salvou mais de mil imigrantes em três operações de resgate no Canal da Sicília, no mar Mediterrâneo. As intervenções aconteceram nas águas de Lampedusa, a cerca de 40 milhas da costa da ilha. Os estrangeiros estavam em embarcações ilegais superlotadas que haviam partido da África.    

O primeiro barco detectado levava 94 pessoas, o segundo tinha pouco menos de 600 e o último carregava cerca de 400 imigrantes. Os resgatados foram colocados em dois navios italianos. Um deles, com 266 estrangeiros, incluindo 30 menores de idade e 19 mulheres, já chegou ao porto de Catania, na Sicília. Todos eles são provenientes da Eritreia ou da Síria.    

Outra embarcação, que socorreu 845 pessoas, deve atracar no mesmo lugar às 2h da madrugada de domingo (8).

Tags: áfrica, embarcação, imigrantes, itália, lampedusa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.