Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Internacional

Governo de unidade nacional palestino presta juramento

Executivo é formado por 17 ministros, com apoio do Fatah e Hamas

Agência ANSA

O novo governo de unidade nacional palestino, dirigido pelo primeiro-ministro Rami Hamdallah, prestou juramento nesta segunda-feira (2) ante o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas. O Executivo nasce após a reconciliação entre as facções Hamas e Fatah. Formado por tecnocratas e personalidades independentes, o novo gabinete palestino é composto por 17 ministros, sendo três mulheres: Rula Maaya é a nova ministra do Turismo, enquanto Khawla Shakhshir assumirá a Educação e Haifa al-Agha ficará com o Ministério para os Assuntos Femininos. O chefe da diplomacia palestina será Riad al-Malki. O premier Hamdallah, por sua vez, exercerá a função de ministro do Interior. O porta-voz do Hamas, Sami Abu Zuhi, celebrou o novo governo local, cujas principais metas são reunificar a Faixa de Gaza e a Cisjordânia e preparar novas eleições. "Este é o governo de todo o povo palestino", disse.    

Logo após a cerimônia de juramento na Palestina, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, convocou uma reunião ministerial com seu conselho de segurança, de acordo com o jornal "Haaretz". O premier israelense chegou a congelar as negociações com a ANP logo após a reconciliação entre Fatah e Hamas. No último dia 23 de abril, o Fatah, que controla a Cisjordânia, e o Hamas, que comanda a Faixa de Gaza, anunciaram uma reconciliação após sete anos de divisão.    

As duas facções concordaram em formar dentro de cinco semanas um governo de unidade nacional, presidido por Abbas, e em convocar eleições legislativas conjuntas nas duas regiões em até seis meses. A última vez que isso aconteceu foi em 2006.

Tags: anp, hamas fatah, Israel, Mahmoud Abbas, om, palestina, rami hamdallah

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.