Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Internacional

Espanhóis vão às ruas cobrar fim da monarquia

Protestos ocorreram poucas horas após a abdicação de Juan 

Agência ANSA

Poucas horas depois de o rei Juan Carlos abdicar do trono da Espanha em favor do seu filho, Felipe de Bourbon, milhares de pessoas foram às ruas cobrar um referendo para votar o fim da monarquia no país. Convocado pelas redes sociais, o protesto levou 20 mil manifestantes à Puerta del Sol, marco zero de Madri.    

Já em Barcelona, 5 mil cidadãos se reuniram na praça Catalunya e, agitando bandeiras da Catalunha, também exigiram a realização de uma consulta popular sobre a independência da região, assim como defende o governo catalão. No entanto, a proposta é rejeitada pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy.    

Nas duas cidades, os atos ocorreram sem incidentes, em um ambiente pacífico. Os manifestantes gritavam frases como "Espanha, amanhã será republicana" e "Largue, Felipe". Segundo a imprensa local, os protestos foram realizados em mais de 50 cidades do país e da Europa, como Paris, Bruxelas, Porto e Berlim.   

O anúncio da abdicação de Juan Carlos foi feito por ele mesmo em um discurso televisivo nesta segunda-feira (2). Aos 76 anos, o agora ex-monarca enfrenta problemas de saúde há algum tempo e passou por diversas cirurgias no quadril recentemente. A ideia de deixar o trono para Felipe, que detém o título de príncipe das Astúrias, estava sendo amadurecida desde o começo do ano.

Tags: Atos, espanhóis, protestos, reinado, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.