Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Internacional

Aumenta tensão em região separatista da Ucrânia

Agência ANSA

A tensão na região separatista da Ucrânia de Donetsk está alta após os conflitos que deixaram ao menos 100 mortos ontem (26), logo após o oligarca ucraniano pró-ocidente Petro Pororshenkio ter sido confirmado como o novo presidente eleito do país. Durante a noite de ontem a agência russa de notícias Itar-Tass informou que os mortos eram 24, resultado de um ataque contra um caminhão que transportava separatistas pró-russos feridos.

Durante a noite também foram registrados confrontos armados na fronteira da Ucrânia com a Rússia, onde as guardas de fronteira ucraniana afirmar que interceptaram uma fila de caminhões, micro-ônibus e carros provenientes da Rússia entrando no país de forma clandestina. Uma parte do comboio conseguiu entrar dirigindo-se para Antratist, mas um carro e um micro-ônibus carregados com armas e explosivos foram parados e um guerrilheiro ficou gravemente ferido, segundo a agência de notícia ucraniana Unian. 

O aeroporto de Donetsk está novamente "plenamente controlado" pelas forças armadas de Kiev, informou o ministro ucraniano interino do Interior, Arsen Avakov. As companhias aéreas internacionais confirmaram que os voos no aeroporto foram cancelados novamente. Ontem o oligarca ucraniano Petro Poroshenko foi proclamado vencedor das eleições na Ucrânia. 

Evacuação 

As autoridades da República Popular de Donetsk anunciaram uma ordem de evacuação de civis em várias áreas da cidade, especialmente nas zonas localizadas próximas às sedes administrativas dos rebeldes.(ANSA)

Tags: Choque, CONFLITO, russia, tensão, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.