Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Internacional

Papa Francisco excomunga austríaca de 67 anos

Agência ANSA

O papa Francisco excomungou a presidente e co-fundadora do movimento católico "Nós Somos a Igreja", a austríaca Martha Heizer, de 67 anos, junto com seu marido Gert. A notícia foi divulgada pelo jornal "Tiroler Tageszeitung" e pela agência católica "Kath.net". Segundo a imprensa austríaca, o Vaticano considerou como um "delito grave" as missas celebradas sem sacerdotes na residência do casal, em Absam. 

"Estamos indignados", disseram Martha e Gert, que defendem reformas na doutrina católica. Eles se recusaram a aceitar a decisão da Igreja. Excomunhão é a penalidade mais severa que a Igreja Católica pode impor a um cristão.

Tags: delito, excomunhão, missa, papa, regra

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.