Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Internacional

Chefe do Exército anuncia golpe de Estado na Tailândia

Agência Brasil

O chefe do Exército tailandês, general Prayut Chan-O-Cha, anunciou hoje (22) pela televisão um golpe de Estado "para que o país retorne à normalidade", após sete meses de crise política. "Para que o país regresse à normalidade", as Forças Armadas "tomam o poder a partir de 22 de maio às 16h30, declarou.

Na terça-feira (20), o general tinha anunciado a imposição da Lei Marcial, pela necessidade de manter a ordem no país, onde a violência causou 28 mortes desde o início da crise, no outono. "Todos os tailandeses devem manter a calma e os funcionários [públicos] devem continuar a trabalhar como habitualmente", acrescentou.

O anúncio foi feito ao final da segunda rodada de negociações entre os principais atores da crise. Líderes dos manifestantes dos dois lados - anti e pró-governo (camisas vermelhas) - foram levados do local da reunião em veículos militares, pouco antes do anúncio do golpe de Estado, disseram testemunhas.

A Tailândia sofreu 18 golpes de Estado ou tentativas fracassadas ao longo de 80 anos. O último, em 2006, foi contra o antigo primeiro-ministro Thaksin Shinawatra (atualmente no exílio) e desencadeou uma série de crises políticas.

O episódio atual começou no outono, com manifestações para exigir a saída da irmã de Thaksin, primeira-ministra desde 2011. Yingluck foi destituída pelo Tribunal Constitucional no início do mês.

Tags: crise, golpe, militares, política, tailandeses

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.