Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Internacional

Justiça russa condena cinco por assassinato de jornalista

Agência ANSA

Os cinco acusados pelo homicídio da jornalista russa Anna Politkovskaia foram declarados culpados nesta terça-feira (20) pela Justiça. Quatro deles foram condenados por terem organizado a emboscada contra a repórter no dia 7 de outubro de 2006, em Moscou. O outro foi considerado executor do assassinato.    

O veredicto foi emitido por um tribunal da capital da Rússia, no terceiro processo sobre o caso. Entre os réus estão os irmãos chechenos Rustam, Ibragim e Dzhabrail Makhmudov, o tio deles Lom-Ali Gaitukayev e o ex-policial Serghiei Khadzhikurbanov.    

Anna Politkovskaia ficou conhecida pela sua luta pelos direitos humanos, pelas suas reportagens investigativas na Chechênia e pelas suas críticas ao presidente Vladimir Putin, então no seu segundo mandato.    

Em seus artigos para o jornal liberal Novaya Gazeta, ela atacou abertamente o Exército e o governo por violações dos direitos civis. A jornalista foi morta a tiros quando tinha 48 anos.

Tags: assassinato, presidente, putin, repórter, russia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.