Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Internacional

Papa pede para bispos não caírem no 'catastrofismo'

Agência ANSA

"Não caiam no catastrofismo". Esse foi o pedido do papa Francisco aos bispos da Conferência Episcopal Italiana (CEI), a poucos dias das eleições para o Parlamento europeu na Itália, que acontecem no próximo domingo (25). O Pontífice discursou na abertura da 66ª assembleia da entidade.

"Como Igreja, ajudemos a não cair no catastrofismo e na resignação, apoiando todos os que se sentem privados até da dignidade", afirmou o papa, lembrando do grande número de desempregados no país. 

Francisco também pediu para os religiosos rezarem por ele em função de sua visita à Terra Santa, marcada para ocorrer entre os dias 24 e 26 de maio. Na viagem, o Pontífice passará por Jordânia, Palestina e Israel, nesta ordem. "Façam desta assembleia uma experiência de comunhão, sobretudo nas vésperas dessa viagem em que serei um peregrino em Amã, Jerusalém e Belém, 50 anos após a peregrinação de Paulo VI", afirmou.

Essas palavras foram pronunciadas ao final do seu discurso aos bispos italianos, no qual ele pediu auxílio aos estrangeiros ilegais que chegam aos montes no país em busca de uma vida melhor. "Ajudem a Itália no abraço aos imigrantes. Eles fogem da intolerância, da perseguição, da falta de futuro", disse. Francisco ainda convidou os membros da CEI a defender "a beleza da família na sociedade", apoiando a vida "desde a concepção até os idosos". Além disso, o Pontífice declarou que é preciso manter a unidade na comunidade eclesiástica italiana, uma vez que "a pobreza de comunhão constitui o maior escândalo que despedaça a Igreja".

Tags: Francisco, Israel, orações, vaticano, viagem

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.