Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Ex-namorada morta de presidente coreano “ressuscita” em TV

Segundo analistas, a notícia de que ela teria sido assassinada no ano passado é falsa

Portal Terra

A x-namorada do líder norte-coreano Kim Jong Un, que teria sido executada pelo pelotão de fuzilamento do governo em agosto do ano passado, apareceu em um programa de TV cantando junto de uma banda de música neste final de semana. As informações são do Los Angeles Times.

Hyong Song Wol, cantora de uma banda feminina, teria sido morta junto de um grupo de doze pessoas assassinadas pelas forças oficiais do governo em agosto de 2013, por supostamente ter participado de “vídeos pornográficos vendidos na China”. A morte da ex-namorada do líder norte-coreano foi noticiada em todo o mundo.

Desde que a imprensa local afirmou o assassinato, ela foi considerada morta. Alguns analistas disseram que ela teria sido uma entre as duas pessoas que foram libertadas da execução.

“A Coreia do Norte é um local difícil de obtermos informações. Tem uma natureza resistente, além de outros fatores políticos, dando origem a todos os tipos de rumores, alguns mundanos, alguns bizarros, alguns de real importância'', escreveu o especialista em Coreia do Norte, Andray Abrahamian, da Chosun Exchange, uma organização de intercâmbio educacional, em um artigo publicado no site NKnews.org após a notícia da “ressureição” de Wol. 

Tags: cantora, Coreia do Norte, Kim Jong-Un, namorada, televisão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.