Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Internacional

Governo italiano aprova privatização de estatais

Agência ANSA

O Conselho dos Ministros da Itália, presidido pelo premier Matteo Renzi, deu seu aval nesta sexta-feira (16) para o processo de privatização da Poste Italiane, empresa responsável pelos serviços postais no país, da e Enav, que administra o tráfego aéreo italiano. A cessão de cotas das duas companhias já tinha sido autorizada em janeiro, mas pelo então primeiro-ministro Enrico Letta, que caiu no mês seguinte.     

No caso da Poste, será passada ao setor privado uma parcela de até 40% da estatal, fatia avaliada em pelo menos 4 bilhões de euros (R$ 12 bilhões). Os detalhes ainda serão definidos pelo governo, mas é possível que a venda seja realizada em várias etapas. A cessão vai ser feita por meio de uma oferta pública voltada aos poupadores, inclusive funcionários do grupo, e a investidores institucionais locais e internacionais.     

Já a Enav terá até 49% do seu capital privatizado por cerca de 1 bilhão de euros (R$ 3 bilhões). A ideia do gabinete de Renzi é adotar também com essa empresa o modelo de oferta pública, mas o Conselho dos Ministros não exclui a possibilidade de realizar negociações diretas com players interessados, garantindo que não haja situações de conflitos de interesses.

Tags: Conselho, estatais, itália, neoliberalismo, privatização

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.