Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Internacional

Venezuela: oposição suspende diálogo com governo até chegada de grupo da Unasul

Agência Brasil

A Mesa da Unidade Democrática (MUD), que congrega partidos opositores na Venezuela, anunciou na noite dessa segunda-feira (12) a decisão de “paralisar” as reuniões técnicas de trabalho com o governo de Nicolás Maduro até a próxima quinta-feira (15), quando o país receberá os chanceleres da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). Na semana passada, o governo prendeu 243 jovens em uma operação para destruir acampamentos de manifestantes em Caracas. A MUD resolveu esperar a chegada dos chanceleres para apresentar sua versão sobre os incidentes.

“Paralisamos as reuniões até a presença da comissão da Unasul. Assim vamos fazer um balanço e um relato de tudo o que aconteceu no país diante deles”, disse Roberto Enríquez, do partido Copei, um dos integrantes da MUD, em entrevista a agências internacionais e jornais locais.

A informação de suspensão da mesa de diálogo foi confirmada pelo secretário executivo da MUD, Ramón José Medina, em sua conta no Twitter e em declarações a um site de notícias opositor. “As reuniões estão suspensas em rejeição à repressão injustificada contra estudantes e manifestantes”, destacou.

A quarta reunião do processo de diálogo iniciado no dia 10 de abril, com a mediação da Comissão de Chanceleres da Unasul, deve ser realizada na quinta-feira (15). A comissão é composta pelos ministros de Relações Exteriores do Brasil, Luiz Alberto Figueiredo, da Colômbia, Maria Ángela Holguín, e do Equador, Rafael Patiño.

No fim de semana e ontem (12), ocorreram novos enfrentamentos entre manifestantes e autoridades. Agências de notícias estatais confirmaram a prisão de sete pessoas na noite de ontem durante protestos, segundo a polícia, por atos de vandalismo. Desde o início das manifestações, em fevereiro, 42 pessoas morreram e mais de 800 ficaram feridas.

Tags: . crise, maduro, priões, protestos, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.