Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Internacional

Estados Unidos não reconhecem referendo na Ucrânia

Agência ANSA

Os Estados Unidos não reconheceram o referendo "ilegal" realizado no leste da Ucrânia, que "não é nada além de um esforço para criar novas divisões" na região, disse a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Jennifer Psaki.    

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, disse que o bloco também considera a votação "ilegítima" e que não reconhece seu resultado.    

Van Rompuy, que chegou hoje a Kiev, reiterou a ameaça de novas sanções contra a Rússia caso Moscou não ajude a diminuir a tensão na Ucrânia.    

Os manifestantes pró-russos das regiões ucranianas de Lugansk e Donetsk anunciaram que mais de 90% da população aprovou a separação da Ucrânia no referendo separatista realizado ontem (11). A comunidade internacional condena amplamente a legitimidade da consulta.

Tags: crise, EUA, impasse, russia, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.