Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Internacional

Intérprete do funeral de Mandela vira porta-voz de startup

Depois de "trapalhada", Thamsanqa brinca com o caso em propaganda de aplicativo

Portal Terra

O falso intérprete do funeral de Nelson Mandela tornou-se porta-voz de uma startup israelense e estrela a nova propaganda da empresa. No comercial, o sul-africano Thamsanqa Jantjie aparece entusiasmado e pede desculpas por ter burlado a segurança do funeral e ter feito sinais como "me passa uma tesoura" enquanto líderes mundiais discursavam.

Em seguida, ele apresenta o Livelens, um aplicativo que permite aos usuários transmitirem vídeo por streaming para amigos e seguidores. "Lembrem-se - os assuntos mais importantes acontecem ao vivo", diz o falso intérprete no vídeo.

Thamsanqa ainda disse que vai compensar o mundo divertindo a todos com comerciais
Thamsanqa ainda disse que vai compensar o mundo divertindo a todos com comerciais

Segundo o responsável de Marketing da Live Lens, Sefi Shaked, a contratação de Jantjie como garoto propaganda é uma forma de mostrar aos usuários que "eles podem se sentir livres para expressar tudo o que eles quiserem na aplicação ao vivo".

O impostor ainda brincou com a farsa no funeral de Mandela no vídeo mostrando em sinais "eu falo língua de sinais - só que não". Segundo o site BetaBeat, Jantjie disse que pretende se tornar um "ator profissional". "(Ser famoso) é meu sonho desde que eu era criancinha". Ele ainda afirmou que vai compensar o mundo divertindo a todos com comerciais. 

Para o site, o falso tradutor que não se sente culpado pelo funeral, por ter "prestado serviço para as pessoas com deficiência" na África do Sul. Com a aparição na propaganda, Thamsanqa Jantjie pôde comprar uma nova casa para sua família - embora tenha precisado mentir para fazê-lo, ao dizer no hospital psiquiátrico que está sendo tratado que teria uma "cerimônia ancestral" para participar.   

Tags: áfrica, intérprete, libras, Mandela, propaganda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.