Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Internacional

Comissão da verdade se reúne na Assembleia Nacional da Venezuela

Agência Brasil

Uma Comissão da Verdade se reunirá hoje (7), a partir das 10h (12h30 em Brasília), em Caracas, na Assembleia Nacional da Venezuela, para as investigações sobre os atos violentos ocorridos nos protestos feitos no país desde fevereiro. Ao todo, 41 pessoas morreram e 785 ficaram feridas durante manifestações e ataques de vandalismo.>>Comissão da Verdade vai investigar violência na Venezuela

>>Comissão da Verdade vai investigar violência na Venezuela

O presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello, anunciou ontem (6) à noite o horário da reunião, que tem como objetivo investigar não só os atos violentos que causaram as mortes, mas também os ataques de vandalismo que danificaram propriedades públicas e privadas. A criação da comissão foi solicitada pelo presidente Nicolás Maduro, em março.

O grupo é integrado por quatro deputados socialistas e teria também representantes da  bancada opositora. Na semana passada, alguns nomes de parlamentares opositores chegaram a ser anunciados para compor a comissão mas, segundo a imprensa venezuelana, a oposição não participará desta reunião, por não ter chegado a um acordo sobre a definição dos seus representantes.

Alguns parlamentares da Mesa da Unidade Democrática, que agrega diferentes partidos opositores, alegam que o governo não demonstra real interesse em discutir e esclarecer a verdade sobre os atos. Por outro lado, partidários governistas devolvem as acusações, responsabilizando os opositores por terem planejado os protestos e os atos violentos, por meio de infiltrados.

Tags: comissão da verdade, CONFLITO, crise, maduro, manifestação, protestos, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.