Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Internacional

Governo russo diz que ofensiva ucraniana descumpre acordo de Genebra

Agência Brasil

O governo da Rússia declarou hoje (2) que a ofensiva do governo da Ucrânia no Leste do país contra os rebeldes pró-russos destrói o acordo de Genebra. Segundo o porta-voz do presidente Vladimir Putin, Dmitry Peskov, um enviado russo vai ajudar a negociar a libertação dos observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) detidos por separatistas em Slaviansk há uma semana, enquanto tentavam fiscalizar o cumprimento do tratado de Genebra.

“Enquanto a Rússia está fazendo esforços para acalmar e resolver o conflito, o regime de Kiev [capital da Ucrânia] mobilizou forças aéreas contra localidades civis, num ataque de represália, terminando como a última esperança para a viabilização do acordo de Genebra”, disse o porta-voz.

O porta-voz disse que a Rússia está “extremamente preocupada” por seu enviado e por jornalistas da Rússia e de outros países que trabalham na zona de conflito. “Pedimos que sejam tomadas medidas para garantir a segurança.”

A Rússia apelou à OSCE para suspender a ofensiva militar ucraniana na cidade de Slaviansk, local onde se estão reúnidos os separatistas pró-russos no Leste da Ucrânia. “Contatamos a liderança da OSCE acerca da ofensiva das Forças Armadas [da Ucrânia] e pedimos que tomem medidas para acabar com esse ataque de represália”, disse o enviado russo à organização, Andrei Kelin.

Tags: acordo, rebeldes, russia, tensão, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.