Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Internacional

Ucrânia reintroduz serviço militar obrigatório

Agência Brasil

O presidente interino da Ucrânia, Aleksandr Turchinov, decretou hoje (1º) a reintrodução do serviço militar obrigatório no país diante da insurreição de forças pró-Rússia no Leste do país.

A medida, que tem efeitos imediatos, foi tomada “devido à deterioração da situação no Leste e no Sul, à força crescente de unidades armadas pró-Rússia e à tomada de edifícios da administração pública, que ameaçam a integridade territorial”, segundo um comunicado da Presidência.

O decreto, publicado hoje no Diário Oficial da Ucrânia, determina que a primeira convocatória seja realizada com urgência. O recrutamento afetará os homens entre 18 e 25 anos.

No dia 17 de abril, o parlamento ucraniano recomendou ao presidente o restabelecimento do serviço militar obrigatório para reforçar a defesa do país dada a "agressão da Federação Russa”.

O serviço militar obrigatório havia sido abolido na Ucrânia este ano, por uma lei de 2013 do ex-presidente Viktor Ianukovich, deposto em fevereiro. As Forças Armadas ucranianas têm atualmente cerca de 130 mil homens.

Tags: crise, militares, ruas, russia, ucranianos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.