Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Internacional

Governo manda demolir monumentos cristãos na China 

Portal Terra

O Governo chinês tem ordenado a destruição de monumentos cristãos no país, medida que tem tem sido vista por seguidores do cristianismo como uma tentativa de repressão a essa religião, informou o Daily Mail.

No último sábado, cinquenta funcionários do Governo bloquearam a entrada de Longgang Hill, local de peregrinação dos cristãos do país, na cidade de Wenzhou - conhecida como a Jerusalém chinesa -.

Foram usados guindastes para remover algumas estátuas e construir muros em torno de outros três monumentos que representam Jesus, a Virgem Maria e o Espírito Santo.

As obras que foram removidas do local serão armazenadas na propriedade de uma igreja em Hengdaiqiao, subúrbio de Wenzhou, mas todos os outros objetos de decoração do parque foram destruídos.

As autoridades alegam que a construção do parque foi ilegal, mas os cristãos afirmam que a alegação é apenas um pretexto para justificar a perseguição contra eles. Uma testemunha, que não quis se identificar, contou que cerca de 100 católicos que foram ao local assistir à remoção das estátuas foram barrados na entrada.

Dois dias depois, tratores demoliram uma igreja da cidade de Sanjiang, que ficou pronta apenas em 2013 e que custou mais de R$ 7 milhões. Milhares de cristãos haviam acampado em frente ao monumento para evitar a sua demolição.

Quatro cristãos que tentaram impedir a destruição de um prédio cristão de 4 andares, na última semana, foram espancados. Na ocasião, as autoridades disseram que dois andares do edifício haviam sido construídos de forma ilegal. 

Tags: chineses, cristãos, destruição, símbolos, templos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.