Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Internacional

Operação para remoção de Costa Concordia é suspensa

Organismo proibiu temporariamente a continuação dos trabalhos

Agência ANSA

Os trabalhos para a remoção do navio Costa Concordia da ilha de Giglio, na Itália, foram temporariamente suspensos nesta quarta-feira (30). A decisão foi tomada pelo Observatório de Monitoramento, que não concedeu autorização para a instalação de equipamentos e caixas que fariam o navio flutuar, procedimento necessário para a remoção da embarcação. A instalação de caixas de flutuação se refere à quarta etapa da operação para a remoção do navio do mar. A próxima já é a de reboque. A autorização foi negada porque ainda não se sabe como será o transporte do navio até o local onde será desmontado, e nem em qual estaleiro isso ocorrerá.    

A suspensão dos trabalhos irá afetar o prazo para a remoção completa do navio, que inicialmente era previsto para junho.    

O Costa Concordia naufragou no dia 13 de janeiro de 2012 na ilha de Giglio, na Itália, e provocou a morte de 32 pessoas.    

Atualmente, está ocorrendo um julgamento na justiça italiana sobre a culpa do capitão da embarcação, Francesco Schettino, no acidente. 

Tags: costa concordia, ilha de giglio, itália, Navio, schettino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.