Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Internacional

Líder irlandês é preso por envolvimento em morte

Agência ANSA

O líder do partido Sinn Féin, um dos movimentos políticos mais antigos da Irlanda, Gerry Adams, foi detido pela Polícia da Irlanda do Norte por seu suposto envolvimento no assassinato de Jean McConville, realizado em 1972 pelo grupo separatista IRA.

A informação foi divulgada pela cadeia de rádio e televisão britânica BBC.

"No mês passado pediram a Gerry Adams que estivesse disponível para um encontro com a polícia para falar sobre o caso Jean McConville. Ele foi voluntariamente para a reunião nesta tarde", explicou um comunicado do Sinn Féin.

Depois de se dirigir à delegacia no condado de Antrim, ele foi preso e está sendo interrogado, acrescentou a nota.

McConville era uma mulher católica, viúva, de 37 anos, mãe de 10 filhos, que foi tirada de sua casa, em Belfast, em um sequestro orquestrado pelo IRA.

O grupo suspeitava que ela passasse informações para o Serviço de Inteligência britânico, o que foi desmentido posteriormente.

Ele foi enterrada em um local secreto após ser morta com disparos na cabeça. O IRA reconheceu o crime somente em 1999. Seu corpo foi encontrado em uma praia em 2003. 

Tags: assassinato, irã, líder, partido, separatista

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.