Jornal do Brasil

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Internacional

Putin ameaça expulsão de empresas dos EUA e da UE

"Gostaríamos de não ter que recorrer a medidas de resposta", disse o presidente russo

Agência ANSA

A Rússia pode rever a presença de empresas norte-americanas e europeias, especialmente do setor de energia, em seu território se o governo dos Estados Unidos e a União Europeia (UE) insistirem com as sanções contra Moscou, afirmou hoje, dia 29, o presidente Vladimir Putin. 

O mandatário esclareceu que, por enquanto, a Rússia não vê a necessidade de apresentar suas próprias sanções contra as potências ocidentais que penalizaram Moscou após a crise na Crimeia.   

"Gostaríamos de não ter que recorrer a medidas de resposta", disse Putin a jornalistas, após reunião com líderes da Bielorússia e do Cazaquistão em Minsk. "Mas se isso continuar, teremos que pensar naqueles que estão trabalhando em setores chave da economia russa, inclusive no setor energético", concluiu.  

Os Estados Unidos anunciaram na última segunda-feira uma nova rodada de sanções contra empresas e líderes de negócios próximos a Putin, enquanto a UE fez o mesmo na terça-feira, adicionando 15 nomes russos e ucranianos na lista negra das penalidades, que permite congelamento de bens, entre outras medidas.

Tags: economia, Estados Unidos, presidente russo, Sanções, união europeia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.