Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Internacional

Ohio aumenta dose de medicamentos em injeção letal

Medida foi tomada após detento demorar 25 minutos para morrer

Agência ANSA

Autoridades de Ohio decidiram aumentar as doses de medicamentos usados na injeção letal em execuções após um preso agonizar por 25 minutos antes de morrer. O detento Dennis McGuire, de 53 anos, acusado de estuprar e matar uma mulher grávida, convulsionou durante todo este período antes de morrer de asfixia.    

Autoridades de Ohio, no entanto, dizem que não há evidência de que McGuire sofreu de ansiedade ou angústia antes da morte. A combinação de drogas já havia sido usada anteriormente pelo Departamento de Reabilitação e Correção do estado, após a empresa farmacêutica europeia que providenciava os remédios usados habitualmente ter se recusado a exportá-los por razões éticas.    

Em 19 de maio, outro preso condenado à morte deve ser executado com a mesma combinação utilizada em McGuire.

Tags: cadeia, Estados Unidos, execuções, ohio, pena de morte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.