Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Internacional

Cuba e UE iniciam nova fase em diálogo bilateral

Agência ANSA

Começa hoje, dia 29, na capital cubana a primeira sessão da "nova fase de diálogo" proposta pela União Europeia (UE) com o governo de Raúl Castro.     

A iniciativa tem o objetivo de normalizar as relações entre o bloco regional e a ilha, além de apoiar as reformas econômicas lançadas pelo o irmão de Fidel Castro quando assumiu a Presidência, em 2008.     

Em 10 de fevereiro, a chefe da diplomacia da UE, Catherine Ashton, formalizou o convite ao diálogo. Um mês mais tarde, o chanceler cubano, Bruno Rodríguez, saudou a iniciativa, observando que esta nova fase "marca o fim da política unilateral da UE em relação a Cuba", em alusão à "posição comum".     

A medida, acordada em 1996, fechava as portas para o diálogo caso não fossem registrados avanços na defesa dos direitos humanos e das liberdades individuais na ilha.     

O governo cubano afirmou que o diálogo com a UE deve ocorrer "sem condições ou discriminação, respeitando a igualdade soberana dos Estados" e o "princípio da não-interferência", uma referência indireta à questão dos direitos humanos.     

O chanceler russo, Serguei Lavrov, assegurou hoje, em Cuba, que o objetivo principal de sua visita ao país caribenho é "fortalecer" as relações bilaterais. As declarações foram realizadas após um encontro com seu homólogo cubano.    

Lavrov, que novamente rechaçou as sanções impostas pelos EUA e a União Europeia em meio a crise ucraniana, encontra-se no segundo dia de visita oficial ao país. Ele está realizando um giro pela região.

Tags: Cuba, diálogo, Relações, sessão, união europeia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.