Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Internacional

Cameron promete renunciar se não aprovar referendo

Agência ANSA

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, prometeu que vai renunciar ao cargo se, depois de uma eventual vitória nas eleições de 2015, não conseguir garantir aos cidadãos do Reino Unido a realização de um referendo para decidir se o país continuará na União Europeia (UE) até 2017.    

O premier deu a declaração na noite de ontem (28), durante um encontro com um grupo de militantes do Partido Conservador.    

Segundo analistas locais, Cameron pretende enfrentar a rápida ascensão do eurocético Partido da Independência do Reino Unido (Ukip, na sigla em inglês), que lidera as pesquisas de intenção de voto para as eleições europeias, marcadas para maio deste ano.    

Além disso, a proposta tem como objetivo aplacar também a ala mais radical da sua legenda, que deseja um afastamento de Londres em relação à UE. No final de janeiro, o Parlamento rejeitou um projeto que estabelecia o referendo.

Tags: Europa, primeiro-ministro britânico, REFERENDO, Reino Unido, união europeia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.