Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Internacional

Às vésperas de eleição, Iraque sofre com violência

Agência ANSA

Subiu para 79 mortos o balanço dos atentados e ataques armados que ocorreram nos últimos dois dias no Iraque, às vésperas das eleições legislativas marcadas para amanhã (30). Segundo as autoridades locais, o número de vítimas cresceu após um duplo bombardeio contra um mercado popular de Khanaqin, na província de Diyala, a nordeste de Bagdá. As ações provocaram 15 mortes e deixaram 45 feridos.     

Além disso, dois civis morreram em um ataque promovido por tropas do governo em Falluja, cidade controlada por insurgentes sunitas, incluindo os jihadistas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (Isis), organização ligada à Al Qaeda.     

Na noite de ontem (28), cinco membros da milícia Sahwa (Despertar), criada para combater a presença da célula terrorista fundada por Osama Bin Laden, foram assassinados em um ataque armado contra o posto de bloqueio estabelecido por eles na cidade de Al Madaen, ao sul da capital.     

Poucos antes disso, 57 pessoas morreram em atentados realizados em diversos locais do país, a maioria deles contra colégios eleitorais do pleito de amanhã.

Tags: ataques, Eleições, iraque, mortes, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.