Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Internacional

Taxista chinês morre após trabalhar por 24 horas

Agência ANSA

Um taxista chinês de 43 anos morreu de cansaço após trabalhar sem parar por 24 horas para tentar superar problemas econômicos e pessoais.    

Ele foi encontrado morto em seu apartamento na cidade de Donggguan, na província de Guangdong. E acredita-se que ele tenha morrido em decorrência de um ataque cardíaco causado por stress.    

Wang Xianwu, que começou a trabalhar aos 12 anos em uma empresa de taxi, estava sofrendo por conta de um divórcio recente, além de estar devendo parcelas de uma hipoteca, disse uma fonte ao site Nanfang.    

Um dia antes de morrer, ele conduziu seu taxi durante 24 horas consecutivas, ao invés da jornada habitual de 12 horas.

Tags: ataque cardíaco, cHINA, morte, stress, taxista

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.