Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Internacional

Temer representa governo em missa pela canonização do padre Anchieta

Agência Brasil

O vice-presidente Michel Temer viaja ainda hoje (23) para Roma, onde participará da missa em Ação de Graças pela canonização do padre José de Anchieta. A missa será celebrada pelo papa Francisco na Igreja de Santo Inácio de Loyola, amanhã (24), às 18h (14h no horário de Brasília). Temer viaja a pedido da presidenta Dilma Rousseff, representando o governo brasileiro.

De acordo com a Rádio Vaticano, muitos brasileiros estão chegando a Roma para a missa pela canonização do padre Anchieta e também para participar da canonização de João XXIII e João Paulo II, que deve ocorrer no domingo (27). Temer, no entanto, deve voltar ao Brasil já na sexta-feira pela manhã. A presidenta Dilma cumprirá agendas oficiais em Mato Grosso e no Pará durante o período.

O papa Francisco assinou o decreto de canonização do beato José de Anchieta no dia 3 de abril. O padre nasceu em 1534, na Espanha, e quando se tornou jesuíta veio para o Brasil, em 1553, como missionário, participando da fundação da cidade de São Paulo com outros jesuítas. Chamado de “apóstolo do Brasil”, Anchieta é considerado pela Igreja um exemplo de evangelização. Ele foi beatificado pelo papa João Paulo II em 1980 e tornou-se santo mesmo sem ter milagres comprovados.

O processo de canonização foi aberto há mais de 400 anos e, segundo o arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, sua demora está ligada a uma “campanha de difamação”, feita contra a Ordem dos Jesuítas. Está prevista para 4 de maio, durante a 52ª Assembleia Geral da CNBB, a celebração de outra missa em ação de graças pela canonização do beato no Santuário Nacional de Aparecida, na cidade de Aparecida (SP).

*Colaborou Paulo Victor Chagas

Tags: brasil, CANONIZAÇÃO, Governo, José de Anchieta, Michel Temer, representação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.