Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Internacional

Roma prepara acolhida a peregrinos que assistirão à canonização de dois papas

Agência Brasil

Centenas de milhares de pessoas preparam-se para assistir neste domingo (27), em Roma, à cerimônia de canonização dos papas João XXIII e João Paulo II. Somente da Polônia, terra natal de João Paulo II, são esperados mais de 2 mil ônibus, informaram hoje (23) fontes do Vicariato de Roma, ao apresentar dados sobre os esquemas de segurança e de acolhida dos visitantes.

“Até para 1 milhão de pessoas nós estamos prontos”, disse o vice-presidente da Obra Romana de Peregrinações, monsenhor Liberio Andreatta, em resposta a jornalistas de todo o mundo, que buscavam estimativas para a cerimônia de domingo. Números precisos não existem, ressaltou Mauro Pucci, do Escritório de Coordenação de Projetos Especiais de Roma Capital, que citou 1.700 ônibus, 58 voos e cinco trens vindos somente da Polônia, além de um navio que está chegando de Barcelona.

“É evidente que estamos nos preparando. Nós nos organizamos para modular as forças em função do número de visitantes, pois aqui está um dos pontos chave deste acontecimento: não temos um número definido, justamente porque o acesso à Praça São Pedro será liberado, o que é justo”, destacou Pucci.

A Obra Romana de Peregrinações instalou 19 telões para que os fiéis possam acompanhar a Missa da Canonização em Roma e em Milão. Três telões já estão posicionados na Via dei Fori Imperiali e 16 serão ativados a partir de sexta-feira (25) em locais como  o Aeroporto Leonardo da Vinci e a Piazza del Duomo, em Milão. Um telão com transmissão em inglês será instalado na Piazza Navona e um em língua francesa na Piazza Farnese. Até segunda-feira (28), os telões transmitirão filmes e notícias sobre os papas santos em seis línguas, além de informações de utilidade pública.

Para receber os turistas e peregrinos, no domingo, estarão na Via da Conciliação, que leva à Praça São Pedro, 100 representantes da Obra Romana de Peregrinações, capacitados para prestar informações em diversas línguas. Também participarão da acolhida  500 voluntários de associações católicas. Desde as 5h da manhã, oito ônibus  levarão os visitantes até as proximidades da Praça São Pedro, onde estarão 200 sacerdotes e diáconos para distribuição da Eucaristia.

“O ingresso na Praça São Pedro será livre e não existem bilhetes”, reiterou monsenhor Liberio Andreatta, ao lembrar que nunca ocorreu algo semelhante, na história de Roma, nem na história mundial: dois papas santos e dois papas vivos que os conheceram.

A prefeitura de Roma também preparou forte esquema de segurança, transporte e limpeza, que prevê serviço ininterrupto do metrô, de sábado até segunda-feira, circulação de ônibus extras, instalação de 14 postos médicos nos locais de aglomeração e 2.630 voluntários da proteção civil que se unirão aos cerca de 2 mil agentes de polícia em atividade.

Tags: CANONIZAÇÃO, igreja católica, papa joão paulo ii, papa joão xxiii, praça são pedro, roma

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.