Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Internacional

Pizzolato pode responder por lavagem de dinheiro na Itália

Justiça italiana suspeita de envolvimento em esquema liderado por Valter Lavitola

Agência ANSA

 O ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no Brasil por seu envolvimento no caso mensalão, pode ser processado na Itália, para onde fugiu no ano passado, por lavagem de dinheiro.

    A Justiça italiana suspeita de seu envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro liderado por Valter Lavitola, ex-diretor do jornal italiano Avanti e ex-conselheiro da Finmeccanica, o mais importante grupo de alta tecnologia do país.

    Lavitola já foi condenado pela Justiça italiana a um ano e quatro meses de prisão por corrupção internacional e extorsão contra o ex-premier Silvio Berlusconi, de quem era muito próximo. Ele também já foi detido no Panamá por um suposto envolvimento em um esquema de corrupção com autoridades locais.

    De acordo com informações publicadas pelo jornal "Estado de São Paulo", Pizzolato confirmou, em depoimento, conhecer Lavitola, mas evitou dar mais detalhes. Investigações da Polícia italiana, no entanto, levantaram registros de ligações troca de e-mails entre eles. (ANSA)

Tags: crime, itália, justiça, Mensalão, pizzolato

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.