Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Internacional

Papa pode viajar a zonas de conflito, diz secretário do Vaticano

Agência ANSA

 O papa Francisco poderá viajar a zonas de conflitos, segundo informou o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin. Em uma entrevista aos jornalistas italianos Nina Fabrizio e Fausto Gasparroni, que estão escrevendo o livro "Os Papas da Paz" ("I Papi della pace", em italiano), Parolin disse que Francisco intervirá "toda vez que a paz for ameaçada". "Ele fará isso através de suas palavras, mas também com sua eventual presença, talvez improvisada, nos locais de conflitos", destacou.

    Parolin também comparou Francisco a seus antecessores João Paulo II e João XXIII, os quais serão canonizados no próximo domingo.

    "Como Angelo Roncalli e Karol Wojtyla, Francisco mostrará que a Igreja se preocupa não somente com seus problemas internos, mas também com os da humanidade, especialmente dos que são vítimas de violência e marginalização".

    "Francisco tem a grande capacidade de surpreender a todos, como demonstrou desde sua primeira aparição na Praça São Pedro.

    Acredito que ele também mostrará isso no seu trabalho pela paz", comentou Parolin. 

Tags: Francisco, papa, pontífice, roma, vaticano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.