Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Agosto de 2014

Internacional

Financial Times: Cuba alimentou medos de um presidente e tomou a Venezuela

Jornal inglês afirma que Chávez deixou Cuba se infiltrar no país.

Jornal do Brasil

O jornal de negócios inglês Financial Times lançou uma matéria nesta terça-feira denunciando a grande influência cubana na Venezuela. Entre as acusações do autor, é afirmado que o país recebe médicos, treinadores, seguranças, grupos paramilitares e milícias de Cuba. Além disso, um número crescente de importações venezuelanas seria canalizado por empresas cubanas. O governo da Venezuela daria subsídios e vantajosas oportunidades para agências de Cuba. Oficiais cubanos estariam controlando registros civis da Venezuela. Existiria uma cooperação militar.

Em seguida, a reportagem questiona como o governo venezuelano deixou isto acontecer. A resposta, para o jornalista, é Hugo Chávez. Para completar o seu poder, Chávez teria deixado os cubanos entrarem. Ele seria muito afetuoso com Fidel Castro e o consideraria um mentor. Fidel teria alimentado o medo de Chávez de que seus inimigos (principalmente os EUA e as elites locais) desejavam derrotá-lo e que seu contingente militar não seria suficiente para prover a proteção que precisava. Cuba, por sua vez, poderia oferecer estes serviços.

Em troca, segundo a matéria, Chávez teria instituído um programa de contribuição financeira que manteria a economia cubana flutuando até hoje. A Venezuela estaria mandando cerca de 130.000 barris de petróleo por dia para a ilha, em termos preferenciais.

Tags: AMÉRICA LATINA, Cuba, geopolítica, influência, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.