Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Internacional

Condenado à morte, iraniano é salvo por mãe de vítima

Jovem escapou da forca graças a um perdão em cima da hora

Agência ANSA

Um iraniano condenado à morte escapou da execução no último instante, quando já estava com a corda no pescoço, graças ao perdão da mãe da vítima. Segundo o jornal local Schargh, o jovem Balal, de 19 anos, tinha sido sentenciado em 2007 por ter assassinado a facadas um rapaz da mesma idade durante uma briga.    

Na última terça-feira (15), ele deveria ter sido enforcado em público na cidade de Noshahr, no norte do país. Contudo, a poucos segundos de morrer, a mãe do homem que ele matou atravessou a multidão, esbofeteou o condenado, que tinha lhe pedido perdão chorando, e depois tirou a corda do seu pescoço. 

   "Sou crente e todos, incluindo minha família e meus amigos, tinham me pedido para perdoá-lo", contou a mulher ao Schargh.

Tags: balal, condenação, família, irã, lei, morte, prisão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.