Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Internacional

Esplanada das Mesquitas é fechada após conflitos

Fiéis muçulmanos entraram em confronto com a polícia de Israel

Agência ANSA

A Esplanada das Mesquitas de Jerusalém - chamada pelos judeus de Monte do Templo - foi fechada aos visitantes após confrontos entre palestinos e as forças de segurança de Israel. Segundo a agência de notícias Maan, dezenas de pessoas teriam ficado feridas.    

De acordo com o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, citado pela imprensa local, a violência estourou quando os oficiais da estação de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) localizada perto da Porta de Mughrabi abriram a passagem ao local. Foram usadas bombas de efeito moral e balas de borracha para dispersar os manifestantes.    

Recentemente, cerca de 100 palestinos decidiram ficar noite e dia na Esplanada para barrar as tentativas dos judeus de extrema-direita de se reunir ali. O lugar é considerado sagrado tanto pelo islã como pelo judaísmo, e por conta disso tem sido fonte de constantes tensões entre os dois grupos.    

Atualmente, os que não são muçulmanos podem visitar a Esplanada, mas os judeus não podem rezar nela, e frequentemente aqueles mais nacionalistas tentam entrar no local para reivindicar seu direito de orar. 

Tags: Israel, judeus, Mesquita, muçulmanos, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.