Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Internacional

Rússia teria omitido dados sobre terroristas chechênos

Agência ANSA

A Rússia teria se recusado a fornecer informações ao FBI sobre Tamerlan Tsarnaev, o mais velho dos dois irmãos chechênos acusados de serem os responsáveis pelo atentado à maratona de Boston em 2013. Esses dados, acredita o jornal The New York Times, poderiam levar à abertura de uma investigação mais aprofundada sobre eles dois anos antes do ataque.    

O periódico cita fontes do governo dos Estados Unidos e um relatório que mostra como os serviços de inteligência poderiam ter evitado a ação terrorista. Entre as informações negadas pelos russos em 2011, estão os detalhes de uma ligação na qual Tsarnaev discute com sua mãe sobre a jihad islâmica, o que aumentaria a vigilância sobre o suspeito nos EUA.    

"Descobriram que os russos não deram todas as informações que tinham sobre ele, e com base naquilo que estava à disposição, o FBI fez todo o possível", diz uma pessoa consultada pelo diário.    

Os chechênos Tamerlan e Dzhokhar são acusados de colocar as bombas caseiras que, no dia 15 de abril de 2013, mataram três pessoas perto da linha de chegada da maratona de Boston, deixando também mais de 200 feridos.    

O mais velho dos irmãos foi morto pela polícia durante uma perseguição, enquanto o caçula aguarda julgamento, podendo pegar até a pena de morte. 

Tags: Atentado, fbi, investigação, maratona de boston, russia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.