Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Internacional

Berlusconi: Decisão sobre pena sai entre 5 e 15 dias

Agência ANSA

O presidente do Tribunal de Vigilância de Milão, Pasquale Nobile De Santis, declarou que a decisão sobre o cumprimento da pena de um ano de detenção dada a Silvio Berlusconi no processo Mediaset -- nome de uma de suas empresas de mídia -- será conhecida entre cinco e 15 dias. O ex-premier da Itália quer converter a sentença em prestação de serviços sociais, ao invés de ficar em prisão domiciliar. 

O procurador-geral substituto, Antonio Lamanna, já deu parecer favorável à solicitação da defesa do ex-primeiro-ministro. Em agosto do ano passado, Berlusconi foi condenado em última instância por fraude fiscal a quatro anos de cadeia e dois anos de afastamento de cargos públicos.

A Justiça o acusou de ser responsável pela formação na década de 1980 de uma "galáxia de sociedades estrangeiras" para sonegar impostos relativos a direitos televisivos. Posteriormente, o período de detenção foi reduzido para apenas um ano, o que abriu a possibilidade de se cumprir a pena em casa ou realizando serviços sociais.

Por conta dessa sentença, o ex-premier teve seu mandato de senador cassado no final de 2013 e perdeu o título de Cavalheiro do Trabalho, honraria dada aos italianos que se destacam em áreas como agricultura, indústria e comércio. Além dessa condenação, Berlusconi ainda responde a processos por corrupção, compra e venda de votos no Parlamento, prostituição de menores e abuso de poder. (ANSA)

Tags: detenção, domiciliar, ex-premier, prisão, Tribunal, vigilancia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.