Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Internacional

Israel diz que há impasses nas negociações de paz com palestinos

Agência ANSA

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, confirmou que há impasses nas negociações do acordo de paz entre Israel e a Palestina.     

Em duas mensagens no Twitter, Netanyahu escreveu que "para meu desgosto, antes de aceitar prosseguir com as negociações, as lideranças palestinas aceleraram os pedidos unilaterais de acesso a 14 tratados internacionais". 

Depois, o primeiro-ministro escreveu em sua conta no microblog que "antes de aceitar prosseguir com as negociações, Abu Mazen declarou rejeitar discutir o reconhecimento de Israel como estado nacional do povo hebraico", referindo-se ao presidente da Palestina.     

No último dia 1º de abril, Mahmud Abbas, resolveu recorrer à ONU após o governo israelense se recusar a soltar um grupo de presos palestinos. As negociações mediadas pelos Estados Unidos preveem que a Palestina não recorra a organismos internacionais para ser reconhecida.    

Por outro lado, para continuar conversando, os palestinos exigem a libertação de militantes presos e o congelamento da construção de colônias por Israel, que por sua vez pede que o espião Jonathan Pollard, detido nos EUA, seja solto. Será realizado hoje, 7, o segundo encontro nas últimas 24 horas entre negociadores palestinos e israelenses para debater o acordo de paz na região. 

Tags: acordos, fracasso, israelenses, mensagens, PALESTINOS

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.