Jornal do Brasil

Terça-feira, 25 de Novembro de 2014

Internacional

Talibã faz nova ameaça contra eleições afegãs

Agência ANSA

Os talibãs do Afeganistão advertiram novamente que vão realizar uma "ampla gama de ataques" durante o pleito presidencial e provincial marcado para este sábado (5). Em um comunicado divulgado na Internet, o grupo fundamentalista islâmico disse que "todo o complexo dessas eleições falsificadas" está sob a mira dos seus combatentes.    

Na mensagem, os terroristas instaram os afegãos a não participarem de uma votação desenvolvida "em meio à ocupação norte-americana", e avisaram que qualquer pessoa ou local que participar do pleito estará em perigo. No último dia 10 de março, o Talibã já havia publicado outro documento, onde pedia para seus membros usarem toda a força à sua disposição para sabotar as eleições.    

Cerca de 10 candidatos disputam a sucessão do presidente Hamid Karzai, que está no cargo desde 2004. Segundo a Constituição do país, ele não pode concorrer a um terceiro mandato. A segurança da votação será realizada pelo Exército e pela polícia locais, e a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, na sigla em inglês) vai intervir apenas em caso de necessidade.    

"Os eleitores afegãos devem confiar nas próprias forças de proteção, dirigindo-se em massa às urnas", afirmou o chefe do Estado-Maior, general Shir Mohammad Karimi. Além disso, Karzai fez um pronunciamento televisivo pedindo uma grande participação popular no pleito. "Isso provará que o futuro do Afeganistão será muito mais brilhante", declarou. 

Nesta sexta-feira (4), a fotógrafa alemã Anja Niedringhaus, da Associated Press (AP), foi morta durante um ataque efetuado por homens armados na província de Khost. Na mesma ação, a jornalista canadense Kathy Gannon ficou gravemente ferida. As duas entrevistavam habitantes locais sobre os problemas da região. 

Tags: afegãos, ameaças, eleitores, talibãs, Terroristas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.