Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Internacional

Talibã faz nova ameaça contra eleições afegãs

Agência ANSA

Os talibãs do Afeganistão advertiram novamente que vão realizar uma "ampla gama de ataques" durante o pleito presidencial e provincial marcado para este sábado (5). Em um comunicado divulgado na Internet, o grupo fundamentalista islâmico disse que "todo o complexo dessas eleições falsificadas" está sob a mira dos seus combatentes.    

Na mensagem, os terroristas instaram os afegãos a não participarem de uma votação desenvolvida "em meio à ocupação norte-americana", e avisaram que qualquer pessoa ou local que participar do pleito estará em perigo. No último dia 10 de março, o Talibã já havia publicado outro documento, onde pedia para seus membros usarem toda a força à sua disposição para sabotar as eleições.    

Cerca de 10 candidatos disputam a sucessão do presidente Hamid Karzai, que está no cargo desde 2004. Segundo a Constituição do país, ele não pode concorrer a um terceiro mandato. A segurança da votação será realizada pelo Exército e pela polícia locais, e a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, na sigla em inglês) vai intervir apenas em caso de necessidade.    

"Os eleitores afegãos devem confiar nas próprias forças de proteção, dirigindo-se em massa às urnas", afirmou o chefe do Estado-Maior, general Shir Mohammad Karimi. Além disso, Karzai fez um pronunciamento televisivo pedindo uma grande participação popular no pleito. "Isso provará que o futuro do Afeganistão será muito mais brilhante", declarou. 

Nesta sexta-feira (4), a fotógrafa alemã Anja Niedringhaus, da Associated Press (AP), foi morta durante um ataque efetuado por homens armados na província de Khost. Na mesma ação, a jornalista canadense Kathy Gannon ficou gravemente ferida. As duas entrevistavam habitantes locais sobre os problemas da região. 

Tags: afegãos, ameaças, eleitores, talibãs, Terroristas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.