Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Internacional

Número de mortos no terremoto do Chile sobe para seis

Agência Brasil

O número de mortos no tremor de 8,2 de magnitude na escala Richter, que abalou o norte do Chile, aumentou para seis e o alerta de tsunami foi emitido, anunciaram hoje (2) as autoridades. De acordo com o ministro do Interior chileno, Rodrigo Penailillo, a sexta vítima é uma mulher que morreu em consequência de uma queda. O balanço anterior registrava cinco mortos.

O terremoto teve o epicentro localizado no mar, a sudoeste de Iquique e a cerca de 1.850 quilômetros de Santiago, na região de Tarapacá.

Cerca de 900 mil pessoas foram retiradas para as áreas altas da cidade, depois de ter sido dado o alerta de tsunami. O ministro destacou que a operação decorreu de forma exemplar, com ordem e tranquilidade.

A ordem de evacuação incluiu todas as localidades costeiras chilenas. As autoridades decretaram também a suspensão, nas mesmas regiões, das aulas nessa terça-feira.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Armada emitiu o alerta de tsunami para todo o país.

O tremor dessa terça-feira ocorreu após intensa atividade sísmica na região, na fronteira com o Peru e a Bolívia, desde 16 de março, causada pelo choque entre as placas tectônicas de Nazca e Sul-Americana. Durante a noite e a madrugada foram registrados mais de 20 tremores.

A atividade das placas de Nazca e Sul-Americana causou pelo menos um terremoto de grande magnitude em cada século na região, tendo o último ocorrido em 1877.

Tags: abalo, chile, morte, Terremoto, tremor

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.