Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Turim tira cidadania honorária de Benito Mussolini

Agência ANSA

A cidade de Turim viveu uma polêmica ontem (31), quando o conselho municipal realizou uma votação para retirar a cidadania honorária do ex-ditador fascista Benito Mussolini, concedida em 1924. A moção foi aprovada por 29 votos a favor e três contrários. 

O partido de extrema-direita Liga Norte, por sua vez, se absteve da votação. "Há questões mais urgentes que requerem a nossa atenção", argumentou a legenda. Alguns políticos do partido chegaram a tumultuar a sessão cantando o hino e levantando a bandeira comunista, em gesto irônico. "Esse foi um ato de dever, o qual confirma a identidade anti-fascista da cidade", disse, por sua vez, o vereador esquerdista Michele Paolino. 

A moção foi aprovada antes do dia 25 de abril, data em que se comemora na Itália o fim da Segunda Guerra Mundial e da ocupação nazista. As cidades de Milão e Turim foram as duas primeiras a serem libertadas em 1945. Três dias depois, Mussolini foi executado.

Tags: benito, fascismo, itália, moção, retirada

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.