Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Internacional

Senado acusa CIA de 'enganar' governo dos EUA

Comissão do Senado diz que CIA omitiu métodos brutais de tortura

Agência ANSA

O Senado dos Estados Unidos acusou a CIA de ter "enganado" o governo norte-americano e omitido informações sobre métodos "brutais" usados em interrogatório.

De acordo com o jornal "The Washington Post", a Comissão de Inteligência do Senado publicou um relatório criticando a atitude da CIA por ter escondido "brutais programas de interrogatório" e informações confessadas por prisioneiros.

"A CIA, repetidamente, descreveu o programa de interrogatório ao Departamento de Justiça e ao Congresso como uma modalidade para ter acesso a informações de inteligência que, em outras circunstâncias, não poderiam ser obtidas. Mas isso não é verdade", afirma o relatório de mais de 6,3 mil páginas.

O documento também aponta para divisões internas na CIA, sendo que, de um lado, há ordens para prosseguir com os interrogatórios e, de outro, agentes se posicionam contrários a práticas brutais quando o interrogado aparenta não ter informações confidenciais.

O relatório descreve técnicas como a de afogamento em um balde de água gelada, prática similar ao "waterboarding" mas nunca aprovada oficialmente pelo Departamento de Justiça. 

Tags: americano, comissão, Governo, senadores, tortura

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.