Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

Internacional

Governo da Venezuela tenta restabelecer energia na capital após incêndio

Agência Brasil

O governo venezuelano trabalha para restabelecer a energia elétrica em algumas regiões de Caracas, capital do país, após um incêndio na noite de ontem (24) no parque Warairarepano, na região norte da cidade. De acordo com o ministro para a Energia Elétrica da Venezuela, Jesse Chacón, há indícios de que o incêndio tenha sido provocado por uma explosão criminosa.

“Foi introduzido um objeto acesso [com fogo] em cabos elétricos nas proximidades da subestação Tacoa-Boyacá”, afirmou o ministro, complementando também que “quem fez isso sabia que ao incendiar a zona afetaria todo o sistema”.

De acordo com o governo, o incêndio danificou a Linha 2.30 do Sistema de Transmissão e, por isso, o centro-norte de Caracas ainda sente os efeitos e registra falta de energia em diversos bairros da região. A falha elétrica também afeta outros estados e causa problemas em algumas linhas do Metrô de Caracas.

Ano passado aconteceram pelo menos dois apagões que afetaram estados e a capital, Caracas. Nos episódios anteriores, o governo venezuelano também afirmou que teria indícios de que os incêndios foram provocados por ações criminosas, realizadas por grupos opositores.

A oposição, no entanto, afirma que os problemas energéticos seriam causados pela própria gestão "ineficaz" do governo. Em estados mais remotos e distantes da capital, há informações de falta de energia frequente e, segundo a população de algumas cidades, às vezes há "racionamento elétrico" pela falta de capacidade do sistema em atender à demanda.

Tags: apagão, Caracas, Fogo, Norte, região

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.