Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Internacional

Silvio Berlusconi perde título de Cavaliere

Decisão foi tomada por conta de sua condenação por fraude fiscal

Agência ANSA

Durante muito tempo, o ex-premier da Itália Silvio Berlusconi foi tratado como "Cavaliere". A palavra vem de uma condecoração recebida por ele em 1977, quando o presidente da República Giovanni Leone o nomeou como Cavalheiro do Trabalho, honraria dada aos italianos que se destacam em áreas como agricultura, indústria e comércio. Mas a partir de agora o ex-primeiro-ministro não pode mais ser chamado assim.

A Federação Nacional dos Cavalheiros do Trabalho decidiu nesta quarta-feira (19) cassar o título, após o político e empresário ter sido condenado definitivamente em agosto do ano passado por fraude fiscal. Um pouco antes de ser anunciada a decisão, o próprio Berlusconi já havia enviado uma carta para a entidade abdicando da condecoração.

Logo depois da confirmação da sentença, que levou também à cassação do seu mandato de senador no final de 2013, alguns partidos, como o Movimento 5 Estrelas (M5S), do comediante Beppe Grillo, cobraram a suspensão do título. Contudo, segundo a federação, a análise do caso do agora ex-Cavaliere começou "muito antes das primeiras solicitações e polêmicas levantadas pela imprensa".

No processo Mediaset, nome do seu conglomerado de mídia, o ex-premier foi condenado por fraude fiscal na compra e venda de direitos televisivos a quatro anos e prisão e dois anos de afastamento de cargos públicos. Posteriormente, o período de detenção foi reduzido a apenas um ano, e a Corte Suprema ainda vai decidir se a pena será transformada em serviços sociais.

Além dessa sentença, Berlusconi ainda responde a processos por corrupção, compra e venda de votos no Parlamento, prostituição de menores e abuso de poder

Tags: Berlusconi, Corrupção, fiscais, Fraudes, mediaset

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.