Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Internacional

Renzi se reúne com Merkel para debater reformas

Agência ANSA

A retomada do crescimento na União Europeia (UE), a presidência temporária da Itália no bloco europeu e a crise ucraniana estarão na pauta do encontro que o premier italiano, Matteo Renzi, terá nesta segunda-feira (17) com a chanceler alemã, Angela Merkel, em Berlim.

No entanto, toda a expectativa da reunião gira em torno da apresentação que Renzi fará de seu projeto de reformas para a Itália. "Se cometemos erros, estamos prontos para remediá-los. Mas somos a Itália e devemos ter orgulho de sermos italianos", disse o premier, às vésperas da reunião. "Queremos liderar a Europa não apenas pelos seis meses de nossa presidência temporária, mas sim, pelos próximos 20 anos", concluiu Renzi, referindo-se à liderança que o país exercerá no bloco durante o segundo semestre de 2014.

Essa e outras declarações do premier (de que a Itália não é "aluna primária" e que "não quer ficar no último vagão da Europa") despertaram reações na imprensa alemã. Para o jornal "Bild", Renzi está "provocando" Merkel. A publicação também destacou que ele é o líder mais jovem na história da Itália e o definiu como "decidido, irreverente e temerário".

Mas o "Bild" também criticou Renzi pelo fato dele prometer reformas aos italianos e querer financiá-las com mais déficits públicos.

O premier da Itália iniciou seu primeiro giro pela Europa no último fim de semana, com passagem pela França. Nos próximos dia 20 e 21, ele participará do Conselho Europeu. Por isso, a crise na Ucrânia e a liderança na UE deverão ser debatidas com Merkel.

Tags: ALEMANHA, encontro, itália, Merkel, premier

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.