Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Internacional

EUA: invasão russa do Sul da Ucrânia seria uma "escalada escandalosa"

Agência Brasil

A embaixadora dos Estados Unidos (EUA) nas Nações Unidas (ONU) disse, hoje (15), que a invasão do Sul da Ucrânia por tropas russas, a confirmar-se, seria uma "escalada escandalosa".Se as acusações de Kiev dizendo que a Rússia invadiu o Sul da Ucrânia se confirmarem, "será uma escalada escandalosa", disse aos jornalistas Samantha Power.

A Ucrânia acusou a Rússia de ter invadido militarmente o seu território com 80 soldados, helicópteros e veículos blindados, em uma aldeia situada no outro lado da fronteira administrativa entre a Península da Crimeia e a Ucrânia continental. O ministério ucraniano dos Negócios Estrangeiros pediu "a retirada imediata" destas forças e ameaçou responder "com todos os meios para parar a invasão militar" russa.

"Devemos estudar" essas informações, disse a representante dos EUA, após a votação do Conselho de Segurança da ONU sobre uma proposta de resolução denunciando o referendo sobre o destino da Crimeia, previsto para domingo. A Rússia vetou esta resolução e a China absteve-se. "Se a Rússia ainda agravou o que fez na Crimeia atravessando a fronteira no Sul do país, será uma escalada escandalosa", declarou a embaixadora.

Ela destacou que Washington considera que "a Rússia devia responder pelas suas ações" e poderia ser submetida "a um isolamento diplomático e econômico", uma alusão à ameaça de sanções sugeridas pelos Estados Unidos, na crise ucraniana.

Perguntado sobre as informações provenientes de Kiev, o embaixador britânico, Mark Lyall Grant, demonstrou preocupação. "Se as informações forem exatas, seria uma escalada perigosa", disse.

Tags: crimeia, Estados Unidos, kiev, onu, russia, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.