Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Internacional

Câmara italiana rejeita cota para mulheres

Agência ANSA

A Câmara de Deputados italiana votou contra uma emenda da reforma eleitoral que implementaria cotas para mulheres na instituição, conhecida como "cota rosa".    

A Câmara rejeitou a emenda bipartidária por voto secreto, com 335 votos contra e 227 a favor. A deputada Daniela Santaché, do partido Forza Italia (FI), de Silvio Berlusconi, disse que "não se trata de uma batalha dos sexos", mas uma espécie de vingança do premier Matteo Renzi pela jogada política que o colocou no poder, tirando Enrico Letta do cargo.      

O projeto para uma nova lei eleitoral para a Itália foi apresentado por Renzi e pela FI. As discussões sobre a emenda estão retardando a aprovação do projeto de reforma, que visa a evitar resultados eleitorais pouco claros e impasses no governo, como aconteceu no ano passado.

Tags: cota, deputadas, italianas, rosa, votações

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.