Jornal do Brasil

Sábado, 29 de Novembro de 2014

Internacional

Aumenta área de busca ao avião da Malaysia Airlines desaparecido

Agência ANSA

Um funcionário da Malaysia Airlines informou que a área de busca ao avião desaparecido foi ampliada até o "mar chinês meridional". Segundo ele, a medida foi tomada por nada ter ainda sido encontrado. As buscas seguem pela costa ocidental da Malásia e também em terra. 

Também foram divulgados os nomes de três passageiros que estavam no voo MH370: o americano Philip Wood, 50 anos, que era funcionário da IBM, e as duas crianças que estavam a bordo: Nicole Meng, 4 anos, e Yan Zhang, 2 anos. 

Check-in 

As autoridades da Malásia estão verificando o porquê de cinco pessoas que fizeram check-in para o voo MH370 não terem embarcado no aeroporto de Kuala Lumpur. Segundo reportagem do jornal Wall Street Journal, que cita fontes oficiais, os cinco passageiros passaram pelos controles individuais, mas não se apresentaram ao portão de embarque. As bagagens deles, que haviam sido embarcadas no avião, foram removidas antes da decolagem. 

O avião da Malaysia Airlines seguia de Kuala Lumpur, na Malásia, para Pequim, na China, e desapareceu na sexta-feira (07), após cerca de duas horas no ar. No voo MH370, haviam 227 passageiros e 12 membros da tripulação.

Tags: avião, malasia, passageiros, queda, vietnã

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.