Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Opaq enviará nova missão à Síria nos próximos dias

Agência ANSA

Enquanto o terror segue vivo na Síria, o conselho executivo da Organização para a Proibição das Armas Químicas (Opaq), em acordo com Damasco, decidiu enviar uma nova missão de especialistas e inspetores para os 12 locais de produção de armamento tóxico do regime de Bashar al Assad até o dia 15 de março.    

O governo da nação árabe pediu para que os lugares (sete hangares reforçados e cinco túneis subterrâneos) não sejam destruídos, e sim convertidos para "fins pacíficos". No entanto, a entidade prefere respeitar o plano de desmantelamento acertado no final do ano passado, que prevê a eliminação dos sítios.    

A Opaq também renovou o seu apelo para que Damasco acelere o transporte de agentes químicos para o porto de Latakia, de onde eles deverão deixar o país para serem destruídos.

Foi divulgado na manhã desta sexta-feira (7) um vídeo chocante de um grupo de milicianos, provavelmente ligados à Al Qaeda, assassinando a sangue frio uma dezena de homens civis, entre os quais alguns adolescentes, em um lugar não identificado da Síria. A filmagem, da qual não se sabe a data exata, tem pouco mais de dois minutos e mostra militantes armados com fuzis reunindo suas vítimas em torno de uma coluna. Após isso, eles disparam na cabeça e nas costas das pessoas ajoelhadas. 

Tags: Armas, Civil, guerra, mortes, sírios

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.