Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Internacional

Venezuela: um policial e um motociclista morrem ao tentar retirar barricada

Agência Brasil

Duas pessoas morreram hoje (6), atingidas por disparos no setor Los Ruices, município de Sucre, estado de Miranda, leste de Caracas. De acordo com o governo venezuelano, um motociclista e um policial foram atingidos por tiros quando retiravam entulhos de uma barricada feita por manifestantes.

O mototaxista José Gregorio Amaris e o policial Adner López, da Guarda Nacional Bolivariana, foram atingidos por disparos a partir de um prédio nas proximidades da avenida, que tentavam liberar.

"Foram assassinados por francoatiradores, quando limpavam as barricadas colocadas pelo fascismo, e morreram por um só disparo", confirmou o presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello.

Nas redes sociais, usuários contaram que logo de manhã, mototaxistas foram agredidos por moradores dos prédios vizinhos à região em que o guarda e o motociclista foram atingidos.

Também foi confirmada a morte de um policial ontem (5), na cidade de Valencia, capital do estado Carabobo, reduto opositor. Depois das mortes de hoje, subiu para 22 o número de pessoas mortas e para 261 o registro de feridos desde o início da onda de protestos na Venezuela.

Tags: Atos, Caracas, crise, política, protestos, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.