Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Internacional

Ucrânia pede prisão de líderes da Crimeia

Agência ANSA

A Justiça ucraniana emitiu hoje um mandado de prisão contra o primeiro-ministro da Crimeia, Sergei Aksionov, e contra o presidente do Parlamento local, Vladimir Konstantinov.

Por outro lado, o ministro da Economia da Ucrânia, Pavlo Sheremeta, afirmou nesta quinta-feira (6) que é "inconstitucional" a possível adesão da Crimeia à Rússia. Em uma coletiva de imprensa, o ministro disse que, baseado no artigo 73 da Constituição da Ucrânia, "as alterações de território devem ser resolvidas exclusivamente através de um referendo em todo o país".

Nesta manhã, o Parlamento da Crimeia aprovou por unanimidade a adesão da região ao território russo. A mudança, porém, será levada a referendo no próximo dia 16 de março. No entanto, somente os moradores da Crimeia participarão do pleito.

Líderes europeus que apoiam Kiev também disseram que o referendo "que modifica as fronteiras da Ucrânia é inconstitucional". Embora tenha maioria étnica russa, a Crimeira é uma região autônoma pertencente à Ucrânia.

Tags: capital, crise, mortes, política, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.