Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Internacional

Maduro pede reunião da Unasul para tratar de crise

Enquanto isso, OEA se reúne em Washington para debater o assunto

Agência ANSA

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta quinta-feira (06/03), que seja convocada, assim que possível, uma reunião da União das Nações Sul-americanas (Unasul) para debater a situação de seu país. 

"Ratifiquei a solicitação da República Bolivariana da Venezuela para que seja convocado um Conselho Presidencial, em uma data a ser combinada, para expormos perante o Conselho Presidencial de Unasul as circunstâncias de ataques de violência de grupos, pequenos grupos, que tentaram vulnerabilizar a vida social", disse.   

O pedido foi feito a seu homólogo do Suriname, Dési Bouterse, que ocupa a Presidência pro tempore do organismo. A reunião pode acontecer na próxima terça-feira, dia 11, paralela à posse da presidente eleita do Chile, Michelle Bachelet. 

Mortes 

Duas pessoas morreram hoje em meio a enfrentamentos registrados no estado de Miranda, informou o presidente da Assembleia Nacional, Disodado Cabello. Desta forma, o número oficial de vítimas dos protestos, que tiveram início no mês passado, sobe para 20.    

Cabello explicou que uma das vítimas era membro da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) e a outra, um mototaxista. Ele atribuiu a autoria das mortes a "francoatiradores".

Tags: maduro, nicolas, protestos, UNASUL, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.