Jornal do Brasil

Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Maduro pede reunião da Unasul para tratar de crise

Enquanto isso, OEA se reúne em Washington para debater o assunto

Agência ANSA

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta quinta-feira (06/03), que seja convocada, assim que possível, uma reunião da União das Nações Sul-americanas (Unasul) para debater a situação de seu país. 

"Ratifiquei a solicitação da República Bolivariana da Venezuela para que seja convocado um Conselho Presidencial, em uma data a ser combinada, para expormos perante o Conselho Presidencial de Unasul as circunstâncias de ataques de violência de grupos, pequenos grupos, que tentaram vulnerabilizar a vida social", disse.   

O pedido foi feito a seu homólogo do Suriname, Dési Bouterse, que ocupa a Presidência pro tempore do organismo. A reunião pode acontecer na próxima terça-feira, dia 11, paralela à posse da presidente eleita do Chile, Michelle Bachelet. 

Mortes 

Duas pessoas morreram hoje em meio a enfrentamentos registrados no estado de Miranda, informou o presidente da Assembleia Nacional, Disodado Cabello. Desta forma, o número oficial de vítimas dos protestos, que tiveram início no mês passado, sobe para 20.    

Cabello explicou que uma das vítimas era membro da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) e a outra, um mototaxista. Ele atribuiu a autoria das mortes a "francoatiradores".

Tags: UNASUL, Venezuela, maduro, nicolas, protestos

Compartilhe: